Esse caso aconteceu há um tempo, mas é um excelente exemplo sobre como o registro de marca é importante para o sucesso de uma empresa! A marca de uísque Johnnie Walker é muito famosa, mas você já ouviu falar na cachaça João Andante?

O Andante: Conhece o caso da cachaça João Andante vs. Johnnie Walker?

A cachaça teve problemas com a marca de uísque, visto que as marcas são bem semelhantes. Isso levou a uma decisão onde a cachaça passou a ser chamada de apenas “O Andante”. 

Agora, que tal entender melhor a história?

João Andante vs. Johnnie Walker

João Andante é uma cachaça mineira criada em 2008, contudo, também é uma tradução literal de “Johnnie Walker”. Além disso, o logo é um andarilho, supostamente chamado João, o que torna a imagem da marca muito semelhante com a de uísque, que retrata um aristocrata. 

Ao analisar ambas marcas, nota-se que além da tradução e do personagem, há ainda outra semelhança: ambas são marcas de bebidas alcoólicas destiladas, que se encaixam na NCL 33. De acordo com o INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), as marcas não podem causar confusão para o consumidor.

Além disso, usar elementos que lembram outras marcas, ou ainda que sejam uma tradução literal, encaixa-se em uso indevido de marca. Dessa forma, o direito de uso de marca fica para quem obteve o registro primeiro, neste caso, para o uísque Johnnie Walker.

Caso da marca de cachaça O Andante

O produto “cachaça” se encaixa na NCL 33, juntamente com outras bebidas destiladas como o uísque. O pedido de registro de marca João Andante foi depositada no INPI em 2008 e deferido em 2010. No entanto, alguns meses depois, em 2011 a Diageo Brands B.V (Johnnie Walker) entrou com processo administrativo de nulidade alegando ser uma cópia de sua marca, sendo julgado em 2013. A partir daqui a cachaça teria que mudar de nome e fez isso em 2014, lançando “O Andante”.

O Andante: Conhece o caso da cachaça João Andante vs. Johnnie Walker?

O caso teve grande repercussão, aumentando consideravelmente as vendas da cachaça. Quando a história começou a ser divulgada, entre os meses de junho e setembro de 2013, a marca vendeu mais de 5.700 garrafas. Logo que a mudança do nome aconteceu, no mesmo período do ano seguinte, as vendas aumentaram para mais de 13 mil garrafas!

Antes de anunciar a nova marca, ainda em 2013 deu-se entrada no processo de registro da marca O Andante. Em 2016, o registro da marca nominativa foi indeferida e, em 2018 o registro de marca mista também foi indeferido.

Importância criar uma marca única e registrá-la!

Assim como para outros produtos, o registro de marca de cachaça e de outras bebidas destiladas é necessário. Além disso, nota-se neste caso que é essencial criar uma marca única e exclusiva. E, feito isso fazer o registro no INPI.

O processo de naming é uma alternativa para conseguir criar um nome perfeito para seu negócio. Você pode ter umas ideias de como fazer isso clicando aqui e aqui.

Lembre-se que o registro de marca é crucial para o sucesso. Portanto, faça uma pesquisa de marca para garantir que ela está disponível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here