Falar em gestão de marca é, antes de tudo, pensar em como o consumidor se comporta na hora da compra. Mas para chegar a esse conceito precisamos percorrer um caminho e aprender a fazer corretamente esse trajeto.

branding como fazer uma gestão de marca

Muito se fala hoje sobre branding e como algumas tomadas de decisões são cruciais para quem está começando o seu negócio, seja de produto ou serviço, buscando visibilidade.

Mas, de fato, o que é branding? E como a gestão de marca feita da forma correta vai ajudar meu projeto a deslanchar? Para responder a essas e outras questões, fique de olho nas dicas que eu separei para você.

O que é branding?

De modo geral, podemos definir branding como um conjunto de ferramentas capazes acender várias sensações nos clientes. Essas sensações, também criam várias outras conexões conscientes e inconscientes.

Quando pensamos em uma marca, automaticamente, nos vem à mente tudo o que está ligado a ela: cores, fontes, palavras, experiências, tom de voz, valores e o que mais tiver de registro sensorial armazenado em cada indivíduo.

E o branding é exatamente isso: ações que conectam pessoas à marca de forma que o cliente se sinta bem e, mais do que isso, que essa conexão traga a essência dos valores da empresa para o cliente.

Veja como criar uma marca de impacto.

Como fazer a gestão de marcas?

Gestão de marca ou branding, é uma construção. Nenhuma marca se fortalece no mercado do dia para a noite e atrai um público específico com apenas uma campanha.

Todo esse caminho requer planejamento, estudo, pesquisa, ouvir os clientes, saber quais são suas maiores dores e como você pode resolver os problemas deles da melhor maneira possível.

O primeiro passo é construir uma identidade para sua empresa, pense em algo que seja forte e coerente, e que o seu público conseguirá entender a mensagem que a sua marca deseja passar.

branding como fazer uma boa gestão de marca

Posicionamento de marca

Além de uma identidade forte, o posicionamento da marca é extremamente importante. Para isso, pense em componentes únicos que seus clientes vão reconhecer ao se conectar.

De forma prática, para que a marca existe? Por que ela foi criada? Qual o propósito da sua existência? A Airbnb, por exemplo, que é um marketplace de acomodações e hospedagem, acredita que “é possível existir um mundo onde as pessoas podem pertencer a qualquer lugar”.

Esse posicionamento da marca Airbnb é que faz toda diferença em relação aos seus concorrentes. Logo, todas as suas campanhas seguem a mesma linha e todos os canais de comunicação conversam entre si.

Redes sociais e atendimento ao público

Para que haja um posicionamento de marca correto e uma identidade forte fixada na memória dos clientes, é preciso que todas as redes sociais falem a mesma língua.

De forma objetiva, é fazer com que a missão da empresa e o que ela acredita seja o centro das estratégias, campanhas e posicionamentos que assumirá de acordo com as questões sociais relevantes.

branding e a gestão de marcas

Mas, como um pequeno empreendedor pode usar o Branding para fazer uma gestão de marca incrível?

A resposta é simples: colocando em prática as dicas de posicionamento, identidade e atendimento.

Lembre-se de que um pequeno negócio, seja ele online ou uma loja física, precisa demonstrar excelência no atendimento. Ficar conhecido de forma positiva é a melhor maneira de se posicionar.

O marketing boca a boca continua sendo uma ferramenta orgânica de divulgação e tem um poder grandioso de atrair um público que ainda não conhece seu produto ou serviço.

Durante o planejamento da sua marca e das ações de marketing você precisa estar atento às cores, tipografia, ilustrações, slogan, tom de voz, abordagens e lembre-se sempre de que você visa a venda de alguma coisa, logo, seu foco maior está na conversão e não somente em posicionamentos com assuntos passageiros.

Por isso, manter sempre a mesma linha de voz nas redes sociais e no atendimento ao cliente é a forma mais coerente de demonstrar seus objetivos e posicionar sua marca corretamente.

Sua marca precisa ter também personalidade e todos os componentes (logo, cores, fontes, ilustrações, slogan, etc) devem ser feitos de maneira que falem a mesma coisa e em todos os lugares.

Conheça o marketing personalizado.

Gostou das dicas? Agora é o momento de refletir sobre como sua marca vai se posicionar e quais são as suas metas e objetivos. Mãos à obra!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here