Já parou para pensar quantas marcas já estão fortalecidas no mercado? Muitas delas possuem um posicionamento tão marcante, que já se tornaram sinônimo dos produtos. Afinal, tenho certeza que você não coloca em sua lista de compras “hastes flexíveis com algodão da ponta”, “refrigerante de cola” ou “amido de milho”.

Como criar marcas de impacto

Isso acontece porque essas marcas acima (que não preciso dizer, mas deve saber quais estou me referindo), estão há um tempo de mercado e são campeãs de vendas. Estão muito bem posicionadas no mercado, devido ao longo e bem feito trabalho de branding. 

Agora, quer saber como você pode alcançar esse patamar? Nos tópicos a seguir irei te explicar como fazer sua marca crescer e tornar-se conhecida no mercado. Mas já adianto, você terá trabalho! Mas valerá muito a pena! 

Marcas de impacto: o que são?

Não basta apenas ter um nome legal e um logo diferente. Uma marca de impacto engloba uma série de fatores que são responsáveis por construir um negócio de sucesso (ou não…).

Geralmente essas marcas possuem um propósito claro e muito bem definido. Não é apenas um refrigerante de cola, mas uma bebida que acompanha os melhores momentos. Sua marca precisa de um motivo muito maior para existir. O consumidor precisa se sentir que ela é a solução ou o que faltava em sua vida. Ela precisa criar um impacto. 

Não seja apenas uma marca de sapato feminino. Seja uma marca que ressalta a beleza da mulher durante sua jornada. 

Não seja apenas uma hamburgueria. Seja uma marca que está completa os melhores momentos com as melhores pessoas. 

O que é branding

Vamos pensar da seguinte forma. Entenda o branding como um exercício físico. Quando se tem constância na atividade e dedicação, você alcança um resultado. No caso do exercício físico, você consegue mais condicionamento, um corpo mais bonito e mais saúde. Já o branding, garante tudo isso à sua marca.

Branding é a gestão de marcas, ou seja, é o conjunto de estratégias que busca melhorar a imagem da marca diante do público. Com isso, é possível criar e manter um bom posicionamento, os propósitos e valores da marca.

O resultado final é que sua marca será capaz de despertar sensações e criar conexões com as pessoas. Cada vez mais ela ganhará espaço no mercado, conquistará mais clientes e irá fidelizá-los. E aí, você estará construindo uma marca de grande impacto.

como criar uma marca de impacto

Por exemplo, a Apple criou uma proposta de valor bem definida, o que faz a marca ser desejada até hoje. “Pense diferente” tornou-se o lema da marca.

O branding bem trabalhado tem como vantagens os seguintes pontos:

  • Reforça a reputação corporativa. Afinal, todo mundo tem liberdade para falar da sua marca, seja algo bom ou não. Então é melhor trabalhar para que essa reputação seja positiva, não é?
  • Aumenta o valor da marca. De um modo geral, ela irá ampliar os horizontes e se tornar uma marca desejada pelo público. Consequentemente, mais valiosa.
  • Cria uma proposta de valor que vai diferenciar a proposta da sua marca, diferenciando o produto. É um motivo a mais para que as pessoas comprem de você e não de seus concorrentes.
  • Otimiza o investimento e proporciona uma razão de existir.

Se você quer que tudo isso se concretize em seu negócio através de uma marca de impacto, é preciso investir em branding.

Como usar estratégias de branding, mesmo com pequenos negócios

Não importa o tamanho do seu negócio. Se está começando em sua garagem, sua cozinha ou em um pequeno quartinho da sua casa. O branding deve estar presente em sua marca desde o início. Ele será a pedra angular, a base estrutural de tudo o que irá construir com ela.

Então é bom planejar e começar cedo, não é mesmo?

Primeiramente é preciso definir o que para quem irá vender. Para isso, conhecer o público alvo e ter uma persona é muito importante. Esse assunto é extenso, então vou deixar um material de apoio sobre personas aqui.

como criar uma marca de impacto

Feito isso, é hora de entender o que move essas pessoas e começar a criar o seu apelo. Isso fará parte do posicionamento. O branding é a âncora do seu negócio, por isso deverá ser um conceito, uma ideia muito bem trabalhada e definida. Entenda como a “big idea” da sua marca, ou seja, “a grande ideia” que envolve tudo.

Pode, por exemplo, ser uma marca feita de uma mãe para outras. De uma família para outra. Ou ainda uma marca que apoia causas específicas, como amiga dos animais. Da natureza entre tantas outras.

Há ainda estudos e análises sobre o visual da marca, que interferem diretamente nos resultados. Como é o caso das cores escolhidas para o logo e toda a identidade visual.

É importante destacar que o trabalho de branding não para após o lançamento da marca. Ele deverá permanecer por toda a vida da sua marca. Afinal, sempre é necessário se alinhar, se manter no caminho certo e, se for preciso, fazer pequenas alterações. 

Trabalhando o branding na prática

A princípio você precisa saber que toda marca tem uma personalidade. Não é apenas uma identidade visual, ela precisa ganhar características próprias. E, por sua vez, essas características serão utilizadas em todo o restante da comunicação.

A marca precisa ser:

  • Diferenciada;
  • Relevante;
  • Consistente;
  • Ter propriedade.

Ela precisa ter um ponto de vista singular, diferente de tudo o que já existe no mercado. Mesmo que o seu produto seja comum, é preciso encontrar algo dentro da marca que o torne único. E, consequentemente, mais desejado pelas pessoas.

Com isso, ela começa a se tornar mais relevante para o público. Mas, isso só acontece de fato quando a proposta de valor que a marca possui gera identificação. Existem pessoas que consomem de determinada marca porque se identificam com ela. Além de desejada, a marca deve inspirar os consumidores.

Mas, de nada adianta criar uma campanha super legal dentro do seu estabelecimento, sendo que nas redes sociais o seu comportamento é outro. A marca precisa ter consistência, principalmente em se tratando de comunicação. Para ter impacto é necessário andar alinhada em todos os aspectos.

E a cereja do bolo, ser verdadeiro. Ser e possuir muito mais do que uma identidade visual básica, como logo e uniforme. Sua marca precisa marcar presença e se fazer constante. Cada pequeno detalhe importa. Cada pequeno detalhe torna-se memorável. Desde a embalagem até a etiqueta. Portanto, é preciso pensar em cada coisa que envolve sua marca com bastante carinho. Pois tudo isso envolve a gestão da marca e a torna mais popular e mais valiosa.

como criar uma marca de impacto

Estruturando sua marca para ganhar o mercado

Comece pequeno, sonhe grande, trabalhe duro. Parece clichê, mas é a realidade. Nenhuma marca de grande impacto nasceu do dia para noite. Todas elas são frutos de muito trabalho e dedicação. 

Para chegar lá, é preciso começar a trabalhar agora mesmo. Foque em uma boa identidade visual, crie um posicionamento firme e traçar boas estratégias de marketing. Não pense em ganhar o mundo em pouco tempo, mas vá abraçando o mercado aos poucos. 

Com o público bem definido, você poderá estruturar a sua marca perfeitamente, conseguindo bons resultados. Com o passar do tempo, é possível afunilar ainda mais as estratégias de alcançar mais pessoas que se encaixam no seu público alvo. E assim, fazer o seu negócio e sua marca crescer.

Veja aqui como lançar uma marca e ter sucesso.

Um bom começo é listar tudo o que irá envolver a sua marca. Mesmo que não tenha verba inicialmente, priorize o que é mais importante e trabalhe focado em melhorar constantemente. 

Acredito que você já tenha muita coisa para planejar e colocar em prática. Espero, de verdade, que essas palavras te ajudem a montar uma boa estrutura para sua marca. E que você cuide dela com bastante carinho! 

Afinal, criar uma marca de impacto dá trabalho, mas é muito recompensador!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here