Você já percebeu que muitas vezes, por mais que se esforce para produzir um conteúdo legal ou oferecer as melhores promoções, simplesmente as vendas não acontecem e as pessoas que chegam até você vieram só “dar uma olhadinha”?

posicionamento de marketing

Bom, a boa notícia é que tem mais gente nesse barco se perguntando como esse “cliente errado” chegou até aqui. Mas será mesmo que o cliente é errado ou você está se posicionando de forma errada?

Separei nesse post algumas dicas de como se posicionar corretamente e mostrar como o posicionamento errado atrai cliente errado também. E se isso já aconteceu com você, calma, confira as dicas e tire do papel suas ideias de forma assertiva.

Primeiramente, quem é o seu público?

A primeira coisa que você precisa saber responder: quem é o meu público? Para quem eu quero vender? Com quem eu quero falar?

Essa resposta precisa estar na ponta da língua, pois ela é o ponto de partida de qualquer estratégia de negócios.

Parece simples, mas a maioria dos empreendedores, no começo, não conseguem definir quem é seu cliente. Por isso, é importante sempre ficar atento às características do seu público e saber quem de fato ele é.

Idade, sexo, comportamento, faixa etária, fatores socioeconômicos, geográficos, culturais, enfim, há uma infinidade de aspectos a serem analisados para que se chegue ao seu público final. Observe mais e crie uma persona, uma identidade para esse público. Quanto mais detalhes, melhor.

Veja mais sobre mapeamento do público alvo aqui.

Intencionalidade

Tudo que fazemos tem uma intenção. Isso é muito comum na vida pessoal, mas também serve para os negócios. Consequentemente, para trazer um bom conteúdo com posicionamento correto é necessário pensar com intencionalidade.

Ou seja, cada atitude da sua marca precisa de uma intenção. Você não deve agir ao acaso quando se trata de negócios.

Diariamente, somos bombardeados de informação a cada segundo pela internet. E se destacar nesse oceano de possibilidades é a forma mais assertiva de converter suas vendas, por isso, seja intencional em cada passo que você der.

Veja como fazer uma gestão de marcas aqui.

Escolha muito bem o seu vocabulário, a forma como você se expressa vai mostrar a sua intenção diante do seu público. Lembre-se de que cada público tem uma linguagem e saber “conversar” com ele é fundamental. Pesquise e estude muito o seu público para que a sua intenção seja coerente com ele.

Clareza

Não há nada mais difícil de entender do que uma pessoa (ou marca) prolixa, ou seja, aquele tipo de comunicação confusa, enrolado, sem entendimento e que não passa nenhuma confiança.

posicionamento de marca

Seja claro! Seja direto! A clareza e a objetividade são ferramentas importantes para quem deseja atrair o cliente certo com um posicionamento correto. Afinal, ninguém vai comprar nada se não se sentir seguro quanto ao produto ou serviço ofertado.

Se coloque sempre no lugar do cliente: a forma como você foi abordado e as informações que foram passadas transmitem segurança e clareza? Você recomendaria para um amigo ou familiar aquele produto por ter total confiança nele? Pense nisso.

Uma maneira de conferir se a sua forma de comunicação está clara é através da pesquisa. Você pode perguntar aos clientes ou a um grupo específico de pessoas sobre uma determinada comunicação. Ou pode observar para tentar compreender melhor a situação.

Narrativa assertiva

Depois que você já conheceu o seu público e se comunicou com clareza e intencionalidade, é o momento de manter uma narrativa. E o que seria isso? Se você começou por um caminho siga por ele, não desvie o foco e nem fique “em cima do muro”.

Narrar é “contar sobre” e quando falamos em uma narrativa assertiva estamos nos referindo a algo que precisa ser certeiro e eficaz. Planeje muito bem as suas postagens nas redes sociais e que cada uma delas seja coerente entre si.

Se você tem atendimento físico, seu negócio também precisa “falar a mesma língua” do mundo digital. Uma narrativa assertiva é uma das ferramentas para um posicionamento correto e que vai garantir também o seu cliente correto.

Postura

Suas roupas, maquiagem, tom de voz, gestos e manias, tudo, absolutamente tudo comunica. Qual é a imagem que você deseja passar? Qual é a postura que você deseja imprimir da sua marca, do seu serviço ou mesmo do seu marketing pessoal?

Lembre-se de que a “primeira impressão é a que fica” e, claro, ninguém nasceu pronto e podemos nos aperfeiçoar com o tempo e as experiências. Mas a forma como você se coloca na internet e vai representar seu negócio diz muito sobre o seu posicionamento e, consequentemente, sobre quem você vai atrair.

posicionamento de marca para atrair clientes certos

Olhando para o todo do que falamos aqui, é importante perceber que um posicionamento errado pode trazer clientes errados, por isso, para que esse quadro seja mudado é preciso ficar atento à forma como você fala, veste, se expressa, se expõe, se comunica, sua identidade visual e de quem é o seu público.

E aí, já conseguiu perceber como esses itens são importantes na sua empresa? Agora, é hora de tirar do papel as ideias e planejar cada passo das suas estratégias para que seu posicionamento seja ainda mais correto. Boas vendas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here