Todo empreendedor quer oferecer o melhor para o seu cliente. Com mais qualidade. Com melhor atendimento. Com ótimo benefício e principalmente: quer ser único no mercado.

Com isso tem a grande pergunta: Você já procurou pela sua marca no Google?

registro de marca

O que apareceu? Só você ou outras empresas que também usam essa mesma marca? Ou ainda marcas bem semelhantes que a sua? Se apareceu mais gente usando a mesma marca ou semelhante, saiba que você pode ter um grande problema. 

Mas vamos falar sobre isso por partes. Continue com a leitura:

Existem uma ou mais empresas usando a mesma marca

Esse cenário é cada vez mais comum. Várias pessoas começam um negócio usando a mesma marca. Em alguns casos, pode até dizer que é coincidência. Mas o número de pessoas má intencionadas fazendo isso é bem grande.

Se você descobriu que tem mais gente usando a mesma marca que a sua, tem dois possíveis cenários:

  1. Ninguém tem o registro dessa marca;
  2. Uma pessoa tem o registro dessa marca.

Ninguém tem o registro dessa marca

Esse cenário é bom, mas bastante arriscado. Se ninguém fez o registro da marca, significa que ela não pertence a ninguém. E a melhor coisa a se fazer nesse momento é registrá-la no INPI.

A marca é de quem registra primeiro. Portanto, se tem várias outras empresas usando o mesmo nome que a sua, é melhor fazer o registro o quanto antes. Isso garantirá que ninguém o copie ou use a mesma marca.

E melhor de tudo: você poderá enviar uma notificação para que parem de usar a sua marca.

Mas, também tem o outro lado da moeda: e se outra pessoa registrar antes de você?

Na melhor das hipóteses essa pessoa te enviará apenas uma notificação para parar de usá-la. E na pior: pode te cobrar uma indenização por uso indevido de marca.

Uma pessoa tem o registro da marca

Se alguém já tem o registro da marca e esse alguém não é você, o melhor é mudar enquanto tem tempo. Caso contrário, quando o proprietário dela te encontrar, irá enviar uma notificação para você parar de usá-la. 

E quando receber essa notificação, você terá que mudar tudo as pressas, para não correr o risco de ter que pagar indenização pelo uso indevido da marca.

O que faz uma marca ser única?

Vamos pensar em um outro ângulo.

Pense em uma pessoa que você goste. O que faz você gostar dela?

Provavelmente você pensou em suas qualidades, em coisas que a tornem única. É esse pensamento que você precisa despertar em seus clientes. Em características que tornem sua marca única no mercado.

Basicamente, precisa ter um diferencial que nenhuma outra empresa concorrente tem. Por exemplo:

  • Durabilidade do produto é maior;
  • O custo benefício é visivelmente melhor;
  • O sabor é diferente dos demais;
  • Atende um tamanho maior, diferente dos concorrentes;
  • Só trabalha com um produto específico, por isso é expert.

Não listei algumas características como bom atendimento, agilidade e qualidade. Isso porque toda empresa que pretende se destacar no mercado precisa ter. O diferencial da marca para ela ser única, vai muito além disso.

registro de marca

Crie um posicionamento da sua marca

Isso significa dizer ao mundo os valores da marca. Mostrar o que ela pretende fazer pelos seus clientes e como irá fazer.

Através do seu posicionamento compreenderam melhor o seu negócio e principalmente, o valor do seu produto. 

Outro ponto importante é que muita gente se aproxima de uma marca devido ao posicionamento que ela tem mediante o mercado. Outro motivo são as causas que ela defende e como apresenta o seu produto/serviço.

Logo, traçar um bom posicionamento é importante. Mas segui-lo é fundamental. Para ajudar a montar o seu, coloque no papel o tipo de pensamento que você quer despertar em seus clientes.

Em seguida, liste as formas de como alcançar esse pensamento. 

Depois, coloque em prática!

Faça o registro da sua marca

Esse ponto é extremamente importante para garantir a exclusividade da sua marca e também protegê-la contra cópias. 

O ideal é fazer o registro da marca antes de começar a trabalhar. Mas, se você já está atuando no mercado, registre o quanto antes. 

O registro irá te proporcionar:

  • Exclusividade no mercado – e contra cópias!;
  • Possibilidade de expansão através de licenciamento ou franquias;
  • Aumenta o valor do seu produto (afinal, é único!);
  • Poderá notificar empresas que tentarem te copiar.

Além de todos esses benefícios você exclui o maior risco de todos: alguém registrar antes de você.

Se você chegou até esse ponto, imagino que o texto tenha feito sentido para você. Se esse é o seu caso, já sabe todos os riscos que está correndo e os benefícios que está perdendo em não registrar sua marca. Então lhe darei uma última dica: clica aqui e veja a possibilidade de registrá-la o quanto antes. E principalmente: antes de seus concorrentes!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here