Mesmo que você ainda não tenha assistido ao menos uma vez, você deve conhecer o Masterchef Brasil. 

O programa é transmitido pela Band, sendo uma dos principais apresentações da emissora. Mas, está correndo o risco de sair do ar por um problema: o uso indevido da marca.

uso indevido da marca masterchef brasil

Antes de prosseguir, se você não sabe o que é o uso indevido de marca, sugiro que clique aqui e entenda melhor o que é.

Entenda o caso Masterchef Brasil

Existe uma escola em Buenos Aires (Argentina) que possui um curso à distância há mais de 26 anos para os brasileiros, chamado Educação Master Chef para brasileiros. 

O registro foi feito no INPI em nome de MAUSI SEBESS S.R.L, uma escola de cozinha argentina e é válido até 2027.

A escola fez o registro da marca Master Chef em três NCLs diferentes aqui no Brasil, sendo elas: 

  • NCL 38 – Serviços de difusão de programas de televisão, de programas radiofônicos e de programas via internet.
  • NCL 41 – Serviços de produção de programas de televisão; ensino de gastronomia, organização de conferências e congressos relacionados com a gastronomia.
  • NCL 16 – Impressos, publicações e livros.

Isso significa que não pode haver nenhuma outra marca Master Chef em uma dessas categorias.

O que acontece, é que o programa Masterchef Brasil também se enquadra na NCL 41 (Serviços de produção de programas de televisão). Portanto, não é possível mais registrar essa marca e muito menos utilizá-la. Afinal, já existe outro titular para essa marca.

Mas e agora? 

O processo ainda tramita na justiça e não se sabe se o programa poderá continuar ou não sendo transmitido com esse mesmo nome. 

uso indevido da marca masterchef

A Mausi Sebess fez o registro da marca Master Chef (grafia separada) em 2013. E, somente em 2014 a Endemol, criadora do programa Masterchef, depositou o pedido de registro da marca MasterChef (grafia única) no INPI e vendeu o reality para a Band. 

Como o pedido da Mausi Sebess foi anterior ao da Endemol/Band, o registro do programa foi indeferido e o da escola deferido em 2017. Apesar da grafia ser diferente, a pronúncia é igual e, um dos requisitos para uma marca ser registrada é sua distintividade, ou seja, ser diferente.

Neste ano (2020), a escola entrou na justiça para tirar o programa do ar, mas já perdeu em duas instâncias. Ainda tem muita água para rolar e a incógnita continua: será que o programa Masterchef Brasil continuará sendo exibido?

Não houve nenhum pronunciamento por parte da emissora, mas a Endemol comunicou que o programa foi lançado originalmente em 1990 e já foi transmitido em mais de 60 territórios pelo mundo. 

Devido ao histórico do programa, ainda há muita coisa para ser decidida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here