O registro de uma marca vai muito além de um investimento, é a garantia de que ninguém poderá roubar a sua ideia e prejudicar o seu negócio. Portanto, ao abrir uma empresa é necessário realizar uma pesquisa para saber se a marca já existe ou não. Do contrário poderá usar uma marca já registrada o que é um crime previsto em lei que pode resultar em pagamento de indenização. Além disso, você pode ter prejuízos já que terá que fazer todas as mudanças necessárias, começar do zero com uma nova marca e ainda pagar uma indenização!

usando marca registrada

Riscos de usar marca já registrada

Mesmo se o seu desejo é que a sua empresa fique apenas no bairro, existem alguns problemas que podem aparecer caso você utilize uma marca já registrada. A detentora do registro da marca que você está usando poderá enviar uma notificação extrajudicial e até iniciar uma briga contra você e sua empresa.

Você também terá que abandonar e refazer toda a sua marca. Isso inclui criar um novo nome, logo, identidade visual, fachada, embalagem dos produtos, cartão de vista e tudo mais! Você pode pensar: se tive esse problema, é só eu mudar a marca, certo? Errado. Por mais que mude, isso não irá evitar que você responda pelo uso que fez de uma marca que já existia no mercado.

Crie uma marca do zero

Só na mudança de marca já é um grande prejuízo, agora imagina refazer impressos, veiculação, carimbos, fachada e outras coisas? Sabemos o quanto é complicado, pois você terá que criar uma marca do zero.

É muito importante que escolha algo único e que ainda não exista no mercado. Dessa maneira você garante proteção a sua empresa. Portanto, é essencial fazer uma pesquisa de registro de marca antes de qualquer coisa.

O registro proporciona segurança para que nenhuma outra pessoa plagie a sua ideia. Com isso você também poderá expandir ainda mais o seu negócio e agir caso alguém tente roubar a sua marca.

Usar uma marca única e registrá-la, garante que você não terá surpresas desagradáveis. Assim, não terá que mudar a marca e nem custear com as mudanças, principalmente da identidade visual. Usar uma marca registrada por terceiros lhe renderá um trabalho gigantesco alterando o nome, recriando as campanhas, jogando fora panfletos e outros materiais impressos de divulgação. Afetando o fluxo de caixa, já que correrá o risco de não ter o mesmo valor atribuído no seu novo negócio.

Para criar uma marca do zero você precisará dar grande atenção a algumas coisas e terá que fazer tudo o que já tinha feito anteriormente, mas dessa vez da maneira correta. Veja:

usar marca já registrada

Coloque tudo no papel

A maneira mais certa se alinhar todas as ideias é escrevendo tudo em um papel.  Os nomes, por exemplo, devem ser escritas todas as possibilidades, até mesmo os ruins. Após isso vá eliminando os que você acha que não combinam com a empresa.  Em seguida, faça uma pesquisa de registro de marca para ver se o nome escolhido está disponível.

Escolha algo direto e curto

As siglas e os nomes curtos são de ótima pronúncia, além de fácil memorização. Você também pode usar as iniciais do seu nome, ou juntar as iniciais dos sócios da empresa caso seja o seu caso.

Fale com o seu público

A princípio identifique o seu público alvo, em seguida fale com eles. Coloque em uma lista ao menos 5 opções de nomes e faça uma pesquisa com perguntas do tipo: “qual nome lhe agradou mais?”, “com o que essa empresa trabalha?”. Com as respostas saberá se o nome condiz com o produto ou serviço oferecido por você, além de saber se o nome é forte no mercado. É importante ouvi-los para saber se você está no caminho certo.

Proteja seu negócio!

Além de todos os benefícios que já citamos, ter uma marca registrada também significa a garantia de um ativo que poderá valer muito no futuro. Pode até parecer desnecessário fazer o registro da sua marca no início, porém dependendo da empresa, ela pode chegar a valer muito depois de pouco tempo. Muitas crescem tanto que a marca vale muito mais que os bens tangíveis da empresa.

registro de mara

Outro motivo significativo para realizar o registro junto ao INPI, é que assim você impede que os concorrentes não façam uso da sua marca sem autorização ou até mesmo algo similar que possa fazer você perder credibilidade. Caso alguém utilize sua marca, com o registro você poderá notificá-la e ainda ganhar uma indenização.

Quando sua empresa alavancar e tiver bons resultados, você poderá expandi-la. A franquia é uma ótima opção, no entanto ela só será validada se tiver o registro da sua marca.

Se você está usando uma marca já registrada, não perca tempo. Faça todas as alterações possíveis, crie uma nova marca e registre!

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu tenho o registro de uma marca na qual usava numa empresa com um sócio. Deixei de ser sócia do negócio mas aí da usam a minha marca. Como posso reivindicar direitos? Atualmente não uso a marca mas quero deixá-la disponível pra quando eu necessitar.

    • Oi, Olívia. Como vai? Para que possamos entender melhor seu caso e ver se há alguma forma de te ajudar, o ideal seria você entrar em contato conosco. Pode ser por telefone ou whatsapp (n.º 14 3815-4897).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here